Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Sarcoma Epitelióide de Vulva Tipo Proximal: Relato de caso

Introdução

. O sarcoma epitelióide de vulva é um tumor muito raro, com altas taxas de recidiva e prognóstico desfavorável, principalmente se houver atraso no diagnóstico correto. É caracterizado por crescimento nodular na região da vulva, de aspecto benigno, com sintomas iniciais inespecíficos. O diagnóstico precoce e assertivo, aliado ao tratamento precoce, melhora o prognóstico e aumenta a chance de cura.

Material e Método

Relato de caso

Resultados

Relato de caso

Discussão e Conclusões

Mulher, 42 anos, multípara, branca, apresentando tumor sólido e doloroso em região vulvar à direita. Apesar de realizar tumorectomia com margem ampla de segurança, apresentou recidiva. Foi submetida a vulvectomia, associada a quimioterapia adjuvante sem radioterapia. A paciente evoluiu com metástases e óbito em seis meses após o diagnóstico. Sarcoma epitelióide de vulva é uma subcategoria de sarcomas epitelióides do tipo proximal que ocorrem no tronco e na região pubiana. Por ser uma neoplasia extremamente agressiva e insidiosa, o seu diagnóstico deve ser considerado, a fim de permitir o tratamento precoce adequado, evitar possíveis complicações e até mesmo o óbito da paciente.

Palavras Chave

vulval epithelioide sarcoma, vulval malignancy

Arquivos

Área

Ginecologia

Instituições

UNIVILLE - Santa Catarina - Brasil

Autores

JOSÉ EDUARDO GAUZA, MATEUS DE MIRANDA GAUZA, AMANDA DE MIRANDA GAUZA, MARIA EDUARDA SCHRAMM GUISSO, BRUNA DIAS